Mãe em adaptação (por Marcella Alvim Mendes)

Pedi pra Marcella, uma amiga e excelente mãe, me contar como estava sendo a adaptação do Pedro na escola, a Marcella tem 2 filhos, a Duda estuda com a Zoe são super amigas e já tem 6 anos, e o Pedro tem 8 meses, cada filho tem o seu tempo e o tempo do Pedro entrar na escola teve que ser agora, fiquei acompanhado a saga da adaptação do Pedro, mas o que dificilmente a gente enxerga é a adaptação da mãe, chorei lendo o texto da Marcella, simples e profundo.

Mãe em adaptação
(Marcella Alvim Mendes)

E de repente o tempo passou, voando, rápido demais. E eu estou aqui, sentada em frente ao portão da escola, porque ele está “em adaptação”.
Muitos disseram que é cedo, e eu concordo. Na verdade, se for falar por mim, nunca seria a hora certa. Muitos também disseram que, pelo certo, ele já estaria na escola há muito tempo, e eu também concordo.
Mas que pessoa confusa sou eu, pra concordar com isso e com aquilo? Eu sou MÃE!
Torço pra ele crescer e se desenvolver, mas também torço pra ele ficar bebê mais um pouco, pra que eu o tenha em meu colo por mais tempo; também o deixo sozinho um pouco porque ele tem que aprender que eu e ele somos duas pessoas diferentes, mas também fico de longe olhando, e quando volto pra perto dele, parece que foi perda de tempo, porque na realidade eu quero estar sempre junto; comemoro quando ele faz aquele cocô que custou a sair, mas fico tensa só de pensar na sujeirada que vou ter que limpar; amo ver ele mexer na comida, fazendo a maior lambança, mas depois penso se aquilo foi mesmo necessário, e como vou fazer pra limpar aquilo tudo com um bebê no colo.
E hoje estou aqui: quero muito que ele se adapte bem à escola, pois sei da qualidade dos profissionais, sei que vai ser bom pro desenvolvimento dele, mas também estou com o coração apertado, até querendo (secretamente) que ele sinta minha falta e chame por mim. Porque todos pensam na adaptação do bebê para se acostumar com outras pessoas, com outros ambientes, outras situações. Mas ninguém fala da adaptação da mãe, que desde que se descobriu grávida nunca mais esteve sozinha. A mãe não sabe (e acredito que nunca mais vai aprender) se virar sozinha, porque o ‘sozinha’ dela é pensando nos filhos.
O bebê não quer desgrudar da mãe pois não tem o entendimento de que a distância e a separação são passageiras, e já já mamãe vai voltar. Por outro lado, a mãe não quer desgrudar do bebê, exatamente pelo entendimento de que ele já já vai estar crescido, e mais independente a cada dia, até que ela seja dispensável. Existe a dependência mútua, mas também existe o desapego da mãe, quando ela põe a felicidade da cria à frente da sua própria. E ela sabe que aquele “sofrimento” tem um bom motivo e a recompensa vem logo.
E quando se vê, lá está ela, deixando seus afazeres de lado, para ficar na frente do portão da escola, esperando que corra tudo bem. Mas ela vai ficar ali, pra estar por perto caso o seu bebê precise. Ou caso ELA precise, vai saber?!
E aqui estou eu. E o tempo nunca passou tão devagar…

Anúncios

3 comentários em “Mãe em adaptação (por Marcella Alvim Mendes)

    1. É verdade, precisamos nos apoiar e ter mais compaixão uma das outras e de nós mesmas, é tanta cobrança em um ritmo tão acelerado que a gente vai atropelando os próprios sentimentos, a gente aprende com os filhos muito mais do que ensinamos, e com os nossos “erros” então nem se fala!

      Curtir

  1. lindo.. perfeito assim mesmo que sentimos na ” adaptação ” filho na Escola … adaptação mãe . que chora , ri , fica desnorteada … kkk e não faz nada , fica esperando o tempo passar, e o filho super hiper adaptado .. e a mãe sofre . a toa …kkk somos mães….e como é maravilhoso viver essas emoções…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s